sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Fase Compl. - 5º Jorn.: Rescaldo do Jogo...

Vitória FC 53-23 IFC Torrense

Ao intervalo: 27-10

Bem, foi o regresso do campeonato! Início da segunda volta contra uma equipa que queríamos "vingança" pois no último dia do Seixal Cup fizeram-nos ir apenas dar um passeio ao invés de jogar.
Entrámos bem no jogo logo com vários golos de contra-ataque: nos cinco primeiros minutos ainda deram luta mas não conseguiram aguentar o nosso ritmo e, assim, começámos a disparar muito cedo no marcador. A defender com relativa facilidade e a marcar tranquilamente.
Com já tanta diferença ao intervalo, ia-se perdendo a "pica" de jogar. Mas mesmo assim a segunda parte foi mais do mesmo: a marcar e a marcar... Enfim, nunca deram muito trabalho ofensivamente nem defensivamente. Marcámos 53 (máximo de golos esta época) e 30 golos de diferença (maior goleada da época).
A arbitragem esteve bem neste jogo: quase nem se deu por ela, felizmente.
Eu estive bem: joguei por volta de 40 minutos e marquei 2 golos. Fiz assistências, defendi o que pude...foi normal.

Está tudo dito da goleada. No próximo jogo (domingo) vamos a Azeitão para mais um festival de golos. Aguardem depois pelo rescaldo. Até lá, fiquem bem!!!

domingo, 19 de Abril de 2009

Seixal Cup 2009

Muitas desculpas por esta desactualização no blog mas muita preguiça durante as férias e muito ocupado durante a semana. Já o Seixal Cup foi à quase duas semanas mas ainda está bem fresco na memória. Vamos ao que interessa:
Ficámos logo no grupo da morte e deu logo para entender que o sorteio havia sido muito duvidoso, comparando com os outros grupos.

Vitória FC 21-21 Ginásio do Sul

Ao intervalo: 11-12

Primeiro jogo contra uma equipa que tinha passado à 2º Fase do Campeonato e que lidera o respectivo grupo. Sendo assim, pressuponha-se um jogo muito complicado contra uma equipa forte.
O jogo começou muito equilibrado: as equipas muito encaixadas uma na outra e estava muito difícil marcar-se golo. O jogo parece que não queria desandar para nenhum lado. Estivemos sempre a perder por um ou dois golos devido a diferença de ritmo mas estava tudo controlado!
Por isso, entrámos na segunda parte para arrasar de vez e lá conseguimos passar para a frente quando falta por volta de 5 minutos para o final do jogo. Já havíamos feito o mais difícil (dar a volta ao jogo) e, faltava 30 segundos para acabar, quando marcámos um golo importante (21-20).
Mas pouco depois, numa agressão começou o caos!!! Pessoas do público queriam bater em nós, treinadores a crucificarem os árbitros, uns jogadores a quererem jogar, outros com um espírito totalmente diferente...bem, uma confusão que não vale a pena entrar em detalhes.
O jogo só retomou 5 minutos depois: estávamos com 4 jogadores e eles com 6. Facilmente empataram o jogo e, injustamente, assim ficou.
Apenas dizer que a arbitragem prejudicou muito as duas equipas mas nós fomos sempre a equipa a "abater" durante o jogo. Nem eram árbitros oficiais e a culpa é da organização, que assim quem fica a perder é o Torneio. E depois admiram-se de as equipas reclamarem. Bem, um jogo memorável pelas piores razões.
Acabando dizendo que tive a golo da vitória na mão no último segundo do jogo mas que, escandalosamente, falhei! E fiquei muito chateado porque senão teríamos ganho contra tudo e todos!

Vitória FC 21-27 Revillagiguedo

Ao intervalo: 13-11

Jogo contra uma equipa espanhola que, por engano, trouxe jogadores do escalão de juniores em vez de juvenis. Portanto à partida já se sabia que ia ser muito complicado ganhar.
Entrámos bem, estávamos a dar um "banho" de andebol: a defender bem, a marcar golos de contra-ataque e boas jogadas no ataque. Chegámos a estar a ganhar por 6 golos de diferença mas depois aconteceu um revés: levámos uma expulsão, ficámos 4 minutos com menos um jogador e eles recuperaram até ao intervalo.
Na segunda parte era tentar aguentar o jogo mas ia ser difícil. Estávamos quebrados psicologicamente com a expulsão e já não havia o colectivo. Demos o nosso melhor mas eles assim que passaram para a frente, dispararam no marcador e acabamos por perder o jogo.
A arbitragem não esteve, mais uma vez, bem mas, ao menos, foi melhor do que no jogo anterior.
A minha prestação foi boa e marquei um golo. Devo sublinhar que apesar de a expulsão ter definido o resultado do jogo, perdemos contra uma grande equipa que fazia um andebol fantástico, e que tinha só jogadores de 1,90 m para cima!

Vitória FC 38-9 CALE

Ao intervalo: 20-4

Bem, este jogo não teve quase nada para contar. Foi contra uma equipa fraca que desiludiu bastante pois pensávamos que seria contra uma grande equipa.
Basicamente, fizemos deste jogo o que nós quisemos: ora eram golos de contra-ataque, golos de cá de fora, da primeira linha...bem, foi pior que um jogo de treino! É que nem luta davam e parecia que estávamos a jogar contra pinos!
Foi um jogo que não deu entusiasmo nenhum mesmo.
Dizer ainda apenas que marquei 1 golo neste jogo.

Bem, só passava às meias-finais o primeiro classificado do grupo e já era impossível passar: ficámos em 3º lugar pois o Ginásio tinha empatado com o Revillagiguedo e conseguiu ficar em segundo. Como o Torneio esteve sempre mal organizado nem sabíamos que lugar íamos disputar e nem contra quem seria.
Descobrimos à meia-noite que iríamos jogar contra o Torrense ao meio-dia.

Vitória FC - IFC Torrense

Bem, não pus o resultado pois ganhámos o jogo, mas por falta de comparência! Como os jogos no Torneio começam sempre com pelo menos uma hora de atraso, já eram 13h e ainda não estava presente a outra equipa que, curiosamente, era a equipa organizadora do Seixal Cup.
Só apareceram às 13h30 mas já nós tínhamos-nos desequipado e fomos embora pois o árbitro já nos havia declarado vitória. Também a fome já apertava o que contribuía ainda mais para nos enervar. Pronto, basicamente fomos dar um passeio.

Rescaldo

Segundo fontes seguras, parece que aparentemente ficámos no 7º lugar. Mas o Seixal Cup deste ano foi uma desilusão comparando com o ano passado. Má organização que influenciou tudo o resto: só haviam árbitros dos "perdidos e achados", jogos nunca começavam a horas, sorteio muito duvidoso...
Enfim, certamente não trará boas recordações.

Está tudo dito desses quatro dias pouco agradáveis. Durante esta semana direi o resumo do jogo de hoje para campeonato. Até lá fiquem bem!!!

sexta-feira, 3 de Abril de 2009

Fase Compl. - 4º Jorn.: Rescaldo do Jogo...


Vitória FC 31-28 GDR Quinta Nova

Ao intervalo: 14-10

Atrasado, outra vez. É que com as férias eu esqueci-me completamente mas vamos ao jogo.
Afinal, éramos 8 jogadores: poucos mas bons o suficiente para ganhar este jogo contra um adversário, teoricamente, inferior a nós. E queríamos esquecer o último jogo principalmente.
Entrámos bem no início: logo a roubar bolas na defesa e no ataque a pôr em prática o que se treina. Deu para perceber que, mesmo desfalcados, conseguiríamos ganhar este jogo algo relaxados, bastava só jogar por jogar e não era necessário forçar muito o ritmo.
Mas mesmo assim, tínhamos que ter cuidado pois eles estavam confiantes e houve alturas em que eles estavam por cima. Estávamos a jogar bem e chegámos ao intervalo a ganhar por 4 onde podiam ser por muito mais golos, tal não fossem alguns remates falhados.
Na segunda parte entrámos com o turbo para tentar resolver o jogo de uma vez por todas e chegámos a estar a ganhar por 9 golos de diferença até. Mas o nosso cansaço começou a evidenciar-se e eles começaram a recuperar no jogo.
Não podíamos substituir e tínhamos que aguentar o jogo até ao fim. Deixou de haver trabalho de equipa para passar a haver individualismo: a defesa já estava desorganizada e o ataque estava mau, se bem que com remates de cá de fora lá íamos marcando. Enfim, aguentámos os 60 minutos e segurámos uma vitória algo importante.
Quanto à minha prestação, joguei os 60 minutos e só marquei 1 golo. Na defesa estive bem sem muitas falhas e no ataque joguei a diversas posições, falhei uns quantos remates mas fiz o que me comprometia.

Está tudo dito desta vitória sem muitos jogadores. O campeonato agora só regressa dia 19 para a segunda volta. Mas vamos jogar no Seixal Cup de 5 a 8 de Abril e temos um título a defender neste torneio com equipas de todo o país e algumas estrangeiras. Já estaremos em máxima força e vai ser para ganhar pessoal!!!
Depois do final do Seixal Cup direi todos os acontecimentos, até lá fiquem bem!!!

sexta-feira, 27 de Março de 2009

Fase Complementar - 4º Jornada


Vitória FC X GDR Quinta Nova
Domingo, 29 de Março de 2009
11h30

Bem, queremos esquecer a derrota do jogo passado com uma goleada.
Mesmo assim, a equipa está desfalcada (viagem de finalistas) e contámos apenas com 7 jogadores.
Apareçam pois nada nos irá impedir de ganhar!!!

quinta-feira, 19 de Março de 2009

Fase Compl. - 3º Jorn.: Rescaldo do Jogo...

CCR Alto do Moinho 28-23 Vitória FC

Ao intervalo: 12-14

Peço desculpa pelo atraso mas, como já poderam verificar, este resultado foi mau de mais para ser verdade. Demorei a digerir esta derrota mas vamos à explicação.
Bem, entrámos algo desconcentrados no jogo: no ataque, por exemplo, fazíamos o mais difícil (ganhar superioridade) e depois falhávamos o remate. Começou mal e por isso logo um "time out" por volta dos 10 minutos do jogo para reflectir, estávamos a perder nessa altura.
A partir daí, a coisa começou a sair melhor: passámos para a frente mas já dava para para perceber que hoje não havia inspiração. Eles não jogam (quase) nada e nós estávamos a complicar o que era fácil! Até dava dó ver andebol tão mal jogado!
A segunda parte, foi o espelho da primeira e parece que o intervalo não deu com nada: no ataque já nem havia colectivo, era só individual e assim não se marca golos. A defesa então estava péssima, eles só marcavam de pivot e sempre com a mesma jogada! Mas mesmo assim continuávamos a errar e a errar.
Com isso tudo, foram eles que beneficiaram: empataram e passaram para frente. Tentávamos mas em vão, a sorte não estava connosco para piorar, ainda mais, o nosso desespero! Enfim, ampliaram e fomos abaixo de vez: entregámos o jogo ao adversário, estávamos perdidos. Foi basicamente esta a história do jogo.
Em relação à arbitragem, acho que fomos prejudicados no jogo em especial na segunda parte: muitas exclusões sem anexo, a marcação de faltas inexistentes, foi escandalosamente vergonhosa!
Neste jogo, tive uma prestação normal: joguei pouco e sem muitos erros, não marquei golos. Mas tenho que admitir que, a meio da segunda parte, tive uma atitude muito incorrecta para com a equipa: fui-me embora para o balneário frustrado por ter sido substituído e, também, por não aguentar mais ver a exibição paupérrima da equipa. Foram os nervos à flor da pele mas esse assunto já foi resolvido.

Bem, está tudo dito deste mau dia. Este fim-de-semana não há jogo, é folga e agora é só para o próximo. Até lá, fiquem bem!!!